30 de julho de 2011

"O Nosso Património" - do ponto de vista dos Monitores!



Bem, depois deste mês recheado de actividades dentro do nosso projecto mais acarinhado apelidado de “O Nosso Património” em parceria com a Junta de Freguesia de S. Victor, acho que também ele é merecedor de, além dos textos diários dos participantes, um texto que encerre esta actividade escrito pelo monitorado.
                
No dia que visitamos as Sete Fontes, no caminho para a Junta, já atrasados uma hora e meia (imprevisto que acontecem quando há muito ânimo e ânsia de querer ver sempre mais), surgiu-me um texto de como é ser monitor, vou ver se ainda me lembro das palavras e do texto que construi:

Ser monitor é ter o papel de conduzir as actividades e dinâmicas a bom porto.
Ser monitor é mostrar não ter medo quando por dentro estamos assustados.
Ser monitor é mostrar segurança quando alguma coisa não corre como prevemos e contornar a situação de modo a que não se falhe.
Ser monitor é às vezes não saber muito bem o que vai fazer, mas ter sempre a convicção para não o deixar transparecer.
Ser monitor é guiar os participantes mesmo que estejamos desnorteados no caminho.           
Ser monitor é não parecer que tem fome às 13.30 quando efectivamente anseia por um almoço.
Ser monitor é não parecer cansado quando efectivamente mal dormiu por estar a preparar actividades e estar a necessitar de uma sesta da tarde para à noite preparar outras actividades para o dia a seguir.
Ser monitor é manter o ânimo quando vemos que os participantes esperam mais e não o estão a receber.
Ser monitor é exigir respeito e respeitar.
Ser monitor é fazer com que os participantes se divirtam, mesmo que esteja num dia péssimo.
Ser monitor é não transparecer os problemas pessoais e dedicar-se aos dos participantes.
Ser monitor é ensinar e contribuir para parte do crescimento dos participantes.
Ser monitor é dar do nosso tempo e no fim ser retribuído com o carinho dos participantes e a sensação de missão cumprida.

Isto foram algumas palavras que me lembrei na altura e me lembrei agora. Tudo para dizer parte do que é ser monitor. Na minha opinião esta é a actividade porque temos mais carinho na JovemCoop. 
É também a actividade que temos que nos “tira” maior tempo e dedicação, algo que no fim nos é retribuído com as palavras dos participantes, os seus gestos e aquilo que nos oferecem. 

É uma actividade que vale a pena pelo valor educativo e o poder de ajudar a melhorar mentalidades que tem.

É uma actividade onde se aprende de uma forma divertida mas onde não se brinca com o que é importante. 

É uma actividade que “se aproveita” da importância que estas idades têm para a sociedade e o papel que vão ter no futuro. 
Esta geração pode não só mudar o nosso futuro como influenciar o nosso presente, por exemplo através dos pais. No fundo esta é uma actividade de mudar mentalidades que nem sempre são as melhores e isso nota-se durante todo o trabalho que temos durante o mês de Julho ao inventariar aquilo que temos e ver o risco eminente de desaparecer.
Falo na minha pessoa quando digo que adoro as Sete Fontes, que elas são as “meninas dos meus olhos” e que me dá uma satisfação enorme em ajudar a protegê-las. 
Durante esta actividade “O Nosso Património” deu-me pessoal satisfação de ver e perceber que as Sete Fontes foram acarinhadas pelos nossos participantes que estavam desejosos de lá entrar e adoraram o Monumento Nacional.

Por último é importante falar na actividade de encerramento d’ ”O Nosso Património”: o nosso acampamento. Foi realizado em Sto. Tirso, na freguesia de Monte Córdova. Temos a agradecer esta estadia ao Presidente da Junta de Monte Córdova e ao Presidente da Junta de S. Victor que, em parceria, nos proporcionaram três dias e duas noites muito divertidas e cheios de peripécias. Desde a montagem das tendas que muitos dos participantes nunca o tinham feito ao peddy-paper nocturno, houve muita diversão e momentos de reflexão. Sem contratempos maiores acho que os participantes se portaram muito bem e que todos nos divertimos bastante.

Antes de acabar este texto temos agradecimentos a fazer em nome da JovemCoop ao Presidente da Junta de Freguesia de S. Victor não só pelo acampamento mas também por esta maravilhosa parceria que tantos frutos tem dado e que já se vem repetindo há sete edições. Agradecemos o acolhimento desta actividade dentro de portas da Junta, o transporte e a disponibilidade que tem para nós. E por fim queremos agradecer aos participantes, que são cada vez mais, pelo seu empenho, dedicação, respeito e diversão com que nos brindaram todo este mês. Obrigada é por vocês e para vocês que esta actividade continua.

Inês Barbosa @k@ Né - Monitora

1 comentário:

xaninha disse...

Tãooo lindoooo :'D