8 de agosto de 2011

Sobre o Gil Eannes


"Correio do Minho" de 06/08/2011

Quando em 2010 realizámos o II OpenWeekend, a nossa opção recaiu sobre a cidade de Viana do Castelo e a nossa pernoita foi no navio Gil Eannes. 


Além do óbvio fascínio que é dormir num navio, percebemos que o Gil Eannes é uma estrutura polivalente, capaz de albergar várias iniciativas, ficámos bastante agradados com o aproveitamento do navio e, claro, com a luta que envolveu a sua preservação.


A notícia que veio recentemente a público, que informa sobre o acolhimento de um Centro Interpretativo relacionado com o mar é, para nós, motivo de regozijo, porque é entendido como uma forma de perpetuar a actuação do navio, adaptando-o a novas funções, numa prática muito pedagógica e informativa.


Porque muito nos agrada saber que há quem pense para além do óbvio, deixámos aqui registada a nossa passagem pelo navio Gil Eannes, em 2010!




1 comentário:

Inés disse...

Gosto muito, quem sabe uma próxima visita...