30 de maio de 2012

Reconhecimento de valores - PARABÉNS Sara!

"Correio do Minho" 30/05/2012

A Braga2012: Capital Europeia da Juventude, em parceria com o projecto Betweien, deu ontem a conhecer o vencedor do Curso de Empreendedorismo para jovens desempregados.

A premiada foi a "nossa" Sara Santos, que desenvolveu o projecto "Escola da Terra" e que mereceu a melhor atenção por parte do júri.

É com ENORME ORGULHO e SATISFAÇÃO que tributamos à Sara Santos os nossos PARABÉNS, como sinal de um caminho de grande entrega, voluntariado e determinação, que resulta num grande projecto.

Da JovemCoop e dos Jovens Cooperantes aqui ficam, Sara, os nossos sinceros PARABÉNS  e muito sucesso para as próximas etapas!!!


Percursos do Barroco - O Esplendor do Barroco no Mosteiro de Tibães


"Diário do Minho" 27/05/2012



Nesta atividade será dada a conhecer o património barroco de Braga através de visitas explicativas pelos seus percursos e locais de referência, com acesso ao espólio típico do barroco de Braga.

“O esplendor do barroco” – Mosteiro de S. Martinho de Tibães

  - Conhecer a evolução da arte barroca, no seu percurso desde o maneirismo até ao neoclássico, através da análise das grandes narrativas retabulares da igreja monasterial.
  - Identificar os principais artífices da arte barroca bracarense, nomeadamente André Soares e Frei José de Santo António Vilaça.
  - Compreender a história e a importância do Mosteiro de Tibães no contexto da arte do período barroco.
  - Perceber a importância da natureza para a sociedade do período barroco.

Ponto de Encontro:
Dia 02 Jun 2012 | 09h30
Museu Arqueologia D. Diogo de Sousa
Partida de Autocarro até Tibães (regresso incluído)

PERCURSO:
          Cruzeiro
          Igreja monasterial: análise retabular e protagonistas
          A sacristia e o claustro do cemitério 
          O Coro alto: cadeiral e órgão 
          O claustro e a fonte de São João: uma ilustração barroca
          Os escadórios e a capela de São Bento (cerca do mosteiro)


Y.Nature - Pela Saúde, Pelo Património - Sete Fontes

"Diário do Minho" 28/05/2012


Foi uma enorme satisfação aferir mais uma forte adesão a esta iniciativa de caminhar até às Sete Fontes.
Se por um lado a participação da JovemCoop sai reforçada pela realização de mais uma caminhada Y.Nature, por outro, esta actividade ficou fortemente marcada pela Saúde e Coração que a Junta de S. Victor depositou nesta iniciativa.


A caminhada até às Sete Fontes foi antecedida por rastreios à glicemia, colestrol e tensão arterial, uma actividade da JFS.Victor, com o apoio da BragaCEJ2012 e da JovemCoop e com as Farmácias Henriquina, Silva, Cruz Vermelha Portuguesa e Phrofame;


A Caminhada até às Sete Fontes contou com cerca de 120 participantes, a quem agradecemos a participação, sobretudo aos amigos da Associação "Os Bravos da Boa Luz".

VER AQUI FOTOS DA ACTIVIDADE


JN relembra Casa das Convertidas

"Jornal Notícias" 28/05/2012


Foi com enorme surpresa que constatamos que o Jornal de Notícias retoma a questão da reabilitação da Casa das Convertidas e não deixa esmorecer o assunto.


A nossa posição continua firme...um melhor projecto de restauro daquele edifício merece albergar um conjunto de serviços que se coadune à sua funcionalidade. 


O Museu da Cidade de Braga, um equipamento Cívico para a Freguesia de S. Victor, uma Pousada da Juventude, um Recolhimento para Mulheres em Programas de Reinserção Social...São iniciativas de valor, que deveriam ser aproveitadas.


Mas pugnaremos por fazer acontecer a discussão pública, tão urgente e necessária.


JovemCoop no Programa "À Mesa Com..."

Na semana da realização da BRAGA ROMANA, a JovemCoop foi convidada a dar o seu contributo e avaliação deste evento no Programa da Antena Minho "À Mesa Com..." com Rui Sequeira e Agostinho Peixoto.


Foi uma experiência positiva, porque permitiu lembrar a noção de "inspiração histórica", fazer um percurso pelos monumento romanos e pensar na expansão futura deste evento.


Tema Abordado:
          Braga Romana, edição 2012 

Convidado Especial:
          Ricardo Silva, Coordenador Geral JovemCoop



Percorrer Bracara Augusta, ontem, hoje e no futuro

"Correio do Minho" 26/05/2012
"Diário do Minho" 25/05/2012

"Correio do Minho" 27/05/2012


Na semana passada, a cidade de Braga trajou à romano e lembrou o seu passado romano.
Fomos desafiados pela Coligação Juntos por Braga a enriquecer o programa cultural do evento oficial, numa atitude complementar e não concorrencial.


As três iniciativas propostas e realizadas, lembrando o passado, o presente e o futuro do património romano da cidade, pretenderam assinalar, como marca de distinção, a identidade de BRACARA AUGUSTA.


Na 3ª feira, dia 22, realizou-se uma aula aberta, com o Prof. Rui Morais, sobre Bracara Augusta; no dia 26 de manhã fez-se um percurso pelos vestígios romanos de Braga, com passagem pelo património arqueológico exumado no Liberdade Street Fashion; já no Sábado à tarde, discutiu-se em jeito de tertúlia o aproveitamento do património de Braga. 


As estas iniciativas juntaram-se vários cidadãos que tiveram a oportunidade de ficar a conhecer a herança de Bracara Augusta e a olhar para a cidade de Braga com outra perspectiva. 
Foi uma excelente iniciativa que deveria ganhar lugar nas edições da Braga Romana dos anos vindouros.

VER AQUI FOTOS DAS ACTIVIDADES

Férias, Monitores,Voluntariado...políticas para a juventude

"Diário do Minho" 25/05/2012

Fazendo fé que esta notícia espelha rigorosamente o pensamento da edilidade no que concerne aos programas de Verão para as crianças e adolescentes de Braga, então nada parece fazer menos sentido no ano em que Braga é Capital Europeia da Juventude.


Podemos perceber que haja programas do IPDJ cancelados e que não haja subsídios para incentivar jovens a serem monitores na férias de Verão, mas, assumindo que uma das linhas de força da BragaCEJ é o voluntariado, a cooperação e a aprendizagem educacional e não formal, então parece estranho que a Fundação Bracara Augusta, entidade gestora da BragaCEJ não esteja já a lançar uma bolsa de voluntários para fazer de monitores...a não ser que não se acredite na capacidade de disponibilidade jovem e que apenas se considere válido pagar para auxiliar no tempo de férias.


Desde 2005 que a JovemCoop tem durante um mês jovens, no papel de monitores, na actividade "O Nosso Património". Aí apelámos à responsabilidade dos jovens e a um enorme grau de envolvimento cooperante e inter-geracional, com jovens a serem monitores porque tiraram dias de férias dos seus empregos, jovens que estando em pausa lectiva dão do seu tempo livre e jovens que de participantes passaram a monitores, após participarem na actividade mais de 3 anos consecutivos.


Não pode ser possível que a BragaCEJ não queira instigar comportamentos de cidadania responsável e que não promova a adesão voluntária a uma bolsa de monitores. Certo é que há jovens que querem ocupar as suas férias e não têm que ser necessariamente recompensados monetariamente.


O Nosso Património é um exemplo...é só segui-lo!


Sete Fontes e o Património da Água

"Correio do Minho" 22/05/2012

Pode parecer uma salutar" provocação, ou melhor, uma instigação à promoção de estudos arqueológicos na área das Sete Fontes.


Contudo, aquilo que dá origem a estas palavras é a publicação de um novo livro que realça a importância da água na cidade de Braga, dando natural destaque ao Complexo Hidráulico das Sete Fontes.


Após alguns estudos, os arqueólogos da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho estão convencidos que nas Sete Fontes, por baixo da obra do Séc. XVIII jaz o aqueduto romano que abastecia a cidade de Bracara Augusta.


Nada de novo, dizemos nós, pois esta constatação era algo que já vínhamos alertando há algum tempo.
Ainda assim, não deixa de ser curioso como esta apresentação teve direito à presença do Presidente da AGERE, como se fosse um grande instigador da preservação daquela área.


Não basta dizer que ter um ou dois funcionários é suficiente para proteger as Sete Fontes, quando nesta fase, os problemas não passam pela estrutura, mas sim pela capacidade construtiva dos terrenos que pode vir a secar os lençóis de água.


É preciso ter muito cuidado com esta questão, para que a Água das Sete Fontes continue a ser usada por uma ainda mais longa duração.


Uma meritosa e marcante iniciativa

"Diário do Minho" 29/05/2012

Município vende em hasta pública
prédio no centro histórico

 

A Câmara Municipal de Braga realiza quarta-feira (30 de Maio), às 11h00, no salão nobre, a venda em hasta pública de um prédio localizado na freguesia da Cividade, em pleno centro histórico da cidade.
Em causa está o prédio com o n.º 8 da Rua de Santo António das Travessas e o regulamento e demais condições podem ser consultados na Divisão de Património e Aprovisionamento da Câmara Municipal de Braga.
Um euro é o preço-base da licitação e apenas jovens naturais ou residentes no concelho de Braga, com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos, podem participar neste leilão.
A hasta pública é presidida pelo vereador com a tutela da Gestão Urbanística e Renovação Urbana na Câmara Municipal de Braga, Hugo Pires.
O Município oferece ainda ao novo proprietário o projecto de arquitetura do imóvel, já elaborado e aprovado, dispondo este de 24 meses para concluir o processo de reconstrução.
A iniciativa integra o Programa Estratégico de Reabilitação do Centro Histórico de Braga, que visa a requalificação dos edifícios degradados nesta zona nobre da cidade e pretende atrair mais jovens para o centro histórico.
Este programa estratégico integra vários projectos de reabilitação urbana, estando alguns já concluídos e outros em fase ou em vias de concretização.
A requalificação de arruamentos do centro histórico, requalificação do rio Este e do Parque da Ponte são alguns dos projectos integrados neste programa estratégico.
No âmbito da “Capital Europeia da Juventude”, foram também já apresentados dois projectos de atracção de indústrias criativas para as áreas da reabilitação urbana, em particular do centro histórico: o “GeNeRation”, antigo quartel da GNR que está a ser remodelado para acolher indústrias criativas e jovens empreendedores, e o projeto “Encaixa-te”, um concurso de ideias inovadoras destinado a todos os jovens que pretendam instalar-se no centro histórico de Braga.

Câmara Municipal de Braga, 29 de Maio de 2012
P'O Gabinete de Comunicação 


(João Paulo Mesquita)
 _________________________________________________________________________
Para eventual contacto, utilize 253 203 153 - 966 787 083 - comunica@cm-braga.pt  
Se não está interessado em receber informação através deste meio, queira remeter-nos
mensagem para comunica@cm-braga.pt , com o termo remover no campo adstrito ao assunto.
(Directiva 2000/31/CE do Parlamento Europeu; Relatório A5-0270/2001 do Parlamento Europeu).


29 de maio de 2012

AGENDA CEJ para esta semana

"Correio do Minho" 28/05/2012


Destacamos, naturalmente, a nossa próxima iniciativa, a 02 de Junho - PERCURSOS BARROCOS no Mosteiro de Tibães;

BragaCEJ - Concurso Fotográfico pelos telhados da Cidade!

"Diário do Minho" 29/05/2012

Fotografar é uma arte que alguns trabalham com mestria, a partir das noções do acto, do momento, da perspectiva, da forma, etc.

Agora, a BragaCEJ2012, a "Pé de Galo - Administração de Condomínios", o Hotel Mercure (ex-Turismo) e o Museu da Imagem lançam um novo desafio aos amantes da fotografia.

O Concurso "Braga On The Roof" permitirá aos fotógrafos captar as melhores perspectivas de Braga, a partir dos telhados tantas vezes cobiçados a partir da cota da rua. É uma excelente forma de conhecer Braga e os prémios são atractivos.

Não percas a oportunidade de concorrer...

Braga Maior - A freguesia de S. Lázaro

"Diário do Minho" 28/05/2012


Conhecer a nossa História é conhecer a nossa identidade.


Numa tertúlia realizada no passado dia 26, os intervenientes afirmavam que os bracarenses conhecem mal a sua história.


Aqui fica o nosso contributo para dar a conhecer a História da Freguesia de S. Lázaro, assinada por Rui Ferreira.


A Cimeira Euro-África...a CEJ pelo mundo


"Diário do Minho" 26/05/2012


Um sinal muito positivo no que concerne à auscultação de políticas de juventude e aos problemas que os jovens vão vivendo, independentemente do sítio onde habitam. 


Esta cimeira torna-se importante por potenciar os trabalhos e estudos de cidadãos de outras nacionalidades que estejam a residir em Portugal. Pode ser um caminho para construir pontes entre a Europa e África, com Braga a liderar um projecto juvenil e actual.


Os nossos parabéns por esta iniciativa.

Parabéns a um amigo - Concurso de Fotografia

"Correio do Minho" 24/05/2012


Durante ano e meio, a JovemCoop esteve representada no programa Ideias com Jota, da Antena-Minho, cujo moderador era Rui Sequeira. Graças a este amigo, foi possível fazer ouvir os ideais da JovemCoop e muitas promover as nossas actividades.


Rui Sequeira, chefe de redacção da Antena-Minho, é fotógrafo por hobby, mas sobretudo com grande vocação.


Aqui fica um enorme parabéns por alcançar o primeiro prémio no Concurso de Fotografia  "Património Industrial", do Município de Vila Nova Famalicão.



22 de maio de 2012

"Arqueólogo por um dia" - video da actividade



Braga é uma cidade de extrema sensibilidade arqueológica e, como tal, costuma dizer-se que "basta abrir um buraco e sai de lá um caco arqueológico".
A dificuldade das intervenções arqueológicas reside no desenvolvimento urbano e social que não pode ser travado, mas que obriga os arqueólogos a trabalhar rápido e sobre pressão.
A actividade por nós realizada visa sensibilizar os jovens para a arqueologia, para o património que chega aos nossos dias e para a preservação e coadunação dos vários espólios à actualidade.
Acreditamos que esta actividade visa realçar a importância da arqueologia como factor de conhecimento e valorização da identidade das cidades / comunidades e agente de desenvolvimento local.
No ano em que Braga é Capital Europeia da Juventude, propomos aos "arqueólogos por um dia" que vejam conhecer a profissão de arqueólogo e, em contexto de simulação, façam uma escavação arqueológica com vista a conhecer metodologias de trabalho, complementada por visita ao laboratório de restauro e práticas laboratoriais elementares.
Este video, da autoria de Rui Pinheiro, mostra o objectivo da actividade e como pode cada um dos participantes ser "Arqueólogo Por Um Dia"!!!
Uma actividade JovemCoop para a BragaCEJ2012;




Braga Romana do Passado - Hoje - Aula Aberta sobre Bracara Augusta


Para melhor perceber o evento BRAGA ROMANA, devemos entender o que foi BRACARA AUGUSTA.


Hoje, na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, às 21h30, o Professor Rui Morais falará sobre a antiga cidade romana: a fundação, os mitos e lendas, os edifícios e os monumentos e como se pode representar Bracara Augusta a partir de uma divindade.


Venha conhecer "Braga Romana do Passado", a primeira de três actividades sobre o conhecimento de Bracara Augusta.


Y.Nature - Caminhada até às Sete Fontes



Y.Nature – Caminhada até às Sete Fontes

A questão do abastecimento de água às cidades foi objeto de especial atenção ao longo dos séculos, embora com soluções diferenciadas em função dos meios técnicos e das possibilidades de cada época.

Em Braga, esta preocupação parece ter cabido, em larga medida, aos seus Arcebispos, que se interessaram pela questão da água desde, pelo menos, o século XVI.

Mas no Séc.XVIII, D. José de Bragança manda erigir o Complexo de Engenharia Hidráulica das Sete Fontes, equipamento que abasteceu com água a Cidade de Braga.

Nesta extraordinária obra, encontramos não apenas uma funcionalidade destinada a melhorar as condições de vida da cidade, mas também uma significativa obra hidráulica, e um testemunho de arquitetura barroca que importa preservar como um todo, sem esquecer que esta estrutura só faz sentido se conservar a sua funcionalidade primeira e fundamento da sua existência - a água que corre no seu interior. Nesta medida, o sistema conhecido por Sete Fontes é mais do que um bem patrimonial; ele é, igualmente, um bem ambiental.

Assim, convidamos os bracarenses a caminhar até às Sete Fontes, Monumento Nacional desde 2011 e visitar o seu interior.

Proposta de Atividade: Domingo, 27 de Maio

Ponto de Encontro: 9h30 na Sede da Liga Portuguesa Contra o Cancro (Rua de S. Victor, nº 69)

A caminhada até às Sete Fontes será antecedida por rastreios à glicemia, colestrol e tensão arterial; Esta actividade da JFS.Victor, da BragaCEJ2012 e da JovemCoop e com as Farmácias Henriquina, Silva, Cruz Vermelha Portuguesa e Phrofame;

Percurso. Av. Central, Largo da Senhora-a-Branca; Rua de Santa Margarida, ; Rua Conselheiro Bento Miguel; Largo do Monte de Arcos (Cemitério), Rua do Areal, Rua Dr. Domingos Pereira, Rua Quinta de Passos, Rua Nuno Morais, Complexo das Sete Fontes;


Dificuldade: Fácil
Extensão: + / - 4,5Km
Duração: + / - 2h30 com visita ao interior das Galerias

Ter em atenção:

- Inscrição prévia;

 - Levar chapéu;

 - Vestuário e calçado adequado;

 - Levar lanterna e máquina fotográfica;

 - Levar água;

Este é um projeto de educação ambiental, com o objetivo de desenvolver atividades educativas e de consciencialização na exploração da natureza.

Este projeto irá promover espaços naturais do concelho e permitirá ainda a divulgação e sensibilização das populações locais para a beleza e utilidade das mesmas.

Inscrições em: http://www.bragacej2012.com/events/details.php?id=515&type=1


Braga Romana - IX Edição


Nos próximos dias 23 a 27 de Maio, Braga veste-se à romana para reviver os tempos de Bracara Augusta.

A área da Braga Romana expande-se, este ano, para o Campo da Vinha e haverá embates de gladiadores, animação de rua, recriação de uma acampamento militar, tendas e mercado romano, bem como uma área dedicada à alimentação.

Serão 5 dias de diversão e convívio, baseados na herança romana de Bracara Augusta.


A JovemCoop estará presente na área das associações juvenis, com a sua tenda e os produtos inspirados na época romana.

Participaremos, ainda, no cortejo nocturno do dia 25, que circulará pelas principais artérias do Centro Histórico de Braga.


Esperamos a tua visita!!!


21 de maio de 2012

Braga Maior - a JovemCoop e a Braga do Futuro

"Diário do Minho" 19/05/2012


A JovemCoop é uma associação sem fins lucrativos, composta por jovens voluntários que dão de si para construir uma Braga Maior e Melhor.

Ao longos destes últimos tido o privilégio de contar com novas colaborações, de várias pessoas que se têm associado às nossas actividades e causas e nos ajudam a fazer mais e melhor.

A certeza que o nosso caminho está a ser bem feito traduz-se nas acções que realizamos e na confirmação que os participantes entendem a mensagem de inconformidade, mas também de optimismo...todos juntos fazemos Braga crescer!

Este texto de Rui Ferreira, é para nós motivo de orgulho, não só por destacar o trabalho que a JovemCoop tem vindo a realizar, mas sobretudo por dar a entender a nossa visão e objectivos...queremos ajudar a contribuir e construir para a Braga do Futuro...a Braga mais participada, em que os jovens de idade e de espírito participam para fazer de Braga uma cidade de topo e atenta aos seus cidadãos.

Obrigado Rui, Obrigado Braga!

Curso de História da Cidade de Braga - Período Moderno e Barroco



"Diário do Minho" 20/05/2012


Foi uma das mais interessantes e participadas sessões, com muitas pessoas a pedir que fosse realizada novamente.

O orador desta sessão foi Rui Ferreira, que possibilitou uma verdadeira viagem no tempo, auxiliado pelas gravuras, datas e personagens presentes nas paredes do Salão Nobre da Câmara Municipal de Braga.

Ao longo da sessão enalteceu-se a figura do Arcebispo D. Diogo de Sousa, homem ilustre de Braga que ainda não viu o seu mérito devidamente reconhecido; outra das personagens destacadas foi D. Rodrigo de Moura Telles, e a sua vasta obra social, religiosa e arquitectónica.

Outros dos temas abordados foi o Convento dos Remédios e o Parque de S. João da Ponte (bem como as festas de S. João), que se complementam a partir dos vários elementos arquitectónicos que sairam do Convento quando este foi desmantelado e que foram depositados no parque. Percebeu-se que com esta última intervenção no Parque da Ponte, muito dos elementos desapareceram, pelo que importa saber do seu paradeiro e, se possivel, recolocar num local digno deste património.

As fotografias desta sessão estão disponíveis no Facebook, quer no album da JovemCoop, quer no album do cooperante Rui Pinheiro ou mesmo no Album da BragaCEJ2012:

Fotos JovemCoop;

Fotos Rui Pinheiro;

Fotos BragaCEJ2012;


Património Arqueológico - a necessidade de falar de Bracara Augusta

"Diário do Minho" 21/05/2012


Ao ler o Diário do Minho de hoje, percebemos o quão necessário se torna falar de Bracara Augusta. A iniciativa que pensamos conjuntamente com a Coligação "Juntos por Braga" parecer ter ainda mais sentido após lermos que o promotor, a titulo particular pagou um serviço arqueológico, que investiu com coerência para a economia local, mas que respeitou a lei do património e a identidade da nossa cidade.

A musealização dos achados arqueológicos parece não conhecer a luz do dia, nem a fruição pública, não por não haver vontade do promotor do Grupo Regojo, mas sim pelos constantes adiamentos do Gabinete do Secretário de Estado da Cultura e entidades dependentes.

Por isso, esperamos que o representante do Grupo Regojo se possa associar à iniciativa que decorrerá Sábado, dia 26, às 16h30, no Espaço Cultural Pedro Remy...uma tertúlia com empreendedores que têm, nos seus estabelecimentos vestígios arqueológicos e perceber se estes são, ou não, uma mais valia para a cidade, para o turismo e para o comércio! Falaremos de estratégias para o futuro da nossa cidade!


Entre Aspas - Sete Fontes de Monumento a Ruína 2

"Diário do Minho" 21/05/2012

Após um primeiro texto sobre as Setes Fontes, enquanto Monumento que caminha para a ruína (ver aqui a parte 1) , o Entre Aspas desta semana debruça-se sobre a falta de vontade das instituições com responsabilidades em salvaguardar este Sítio.

Destacando a acção de três instituições que têm zelado por dar a conhecer as Sete Fontes (ASPA/Peticionários, JFS.Victor e a JovemCoop), aborda-se, ainda, a necessidade de se proteger as Sete Fontes, com um instrumento de planeamento urbanístico eficaz, para que futuramente as Sete Fontes não sejam só memórias nas conversas de café.

E é, de facto, uma pena que não se aproveite a Capital Europeia da Juventude para dar um sinal de esperança às gerações presentes com maiores responsabilidades vindouras...uma nova forma de fazer política para a cidade, dando área, espaço e tempo de qualidade aos seus cidadãos.


18 de maio de 2012

Agenda Actividades MAIO-JUN


As próximas actividades da JovemCoop já estão marcadas...toca a reservar espaço na agenda!!! :)


Visitar a cidade romana ontem, hoje e amanhã


"Diário do Minho" 18/05/2012
"Correio do Minho" 18/05/2012

Na próxima semana Braga vestir-se-á de "toga", aludindo à recriação história da Braga Romana, evento congregador de várias instituições e mobilizador de milhares de pessoas.

O potencial desta iniciativa pode levar Braga a competir, a partir do seu património, numa escala internacional e colocando os monumento romanos, as heranças, a cultura e o evento Braga Romana como destino de eleição a visitantes, turistas, curiosos, investigadores, etc.

Assim, a convite do lider da Coligação Juntos Por Braga, fomos incentivados a complementar o Programa Oficial da Braga Romana, através de um conjunto de iniciativas que vão além do simples evento lúdico, dando-lhe um carácter de maior conhecimento cultural.

O convite que aqui formulamos à cidade de Braga é para se juntar a esta iniciativa e vir conhecer Braga a partir da perspectiva científica, patrimonial e social através de uma aula aberta, de uma visita pelos monumentos romanos e por uma tertúlia com várias forças da cidade.

Com certeza, todos ficaremos a ver Bracara Augusta de uma forma mais enriquecida e valorizaremos mais a nossa cidade.


Curso de História da Cidade de Braga...É hoje!!!

"Diário do Minho" 16/05/2012



PERIODO MODERNO E BARROCO

Salão Nobre da Câmara Municipal de Braga, 18 de Maio de 2012

A quarta sessão do Curso de História da cidade de Braga, iniciativa promovida em conjunto pela JovemCoop e pela Braga CEJ 2012, vai debruçar-se sobre o período moderno e barroco. O objectivo desta sessão é percorrer os protagonistas da história urbana da cidade e o respectivo legado, dando aos participantes algumas impressões sobre a evolução urbana, os contextos e as marcas do passado.

Iniciaremos a sessão analisando o próprio espaço escolhido, o salão nobre da Casa da Câmara, cuja concepção obedeceu a uma estrutura simbólica de exaltação da história e identidade de Braga. Obra da década de 60 de oitocentos, destaca-se ainda pela evolução heráldica da cidade, que também merecerá uma atenção particular.

Em seguida vamos mergulhar nos factos e protagonistas, ocupando os Arcebispos um lugar de particular destaque. D. Diogo de Sousa (1505-1532), a figura histórica mais importante de Braga, vai merecer grande parte da nossa atenção, fundamentalmente nas alterações introduzidas na estrutura urbana da cidade. Em seguida percorreremos grande parte dos prelados que ocuparam o sólio arquiepiscopal até 1792, altura em que o senhorio bracarense é devolvido à Coroa. Destacaremos particularmente o papel de D. Rodrigo de Moura Telles (1704-1728).

Durante esta sessão abordaremos ainda a importância do estilo barroco na morfologia da própria cidade, fazendo menção dos principais edifícios e dos artistas. André Soares será, obviamente o nome mais escutado.


Divulgar BragaCEJ


As várias actividades da Capital Europeia da Juventude dão forma a uma publicidade muito colorida.

Ali, no pé do Y, encontramos a nossa participação na BragaCEJ, dando destaque ao Percurso Barroco - No Tempo do Arcebispo D. Rodrigo!


16 de maio de 2012

Curso de História da Cidade de Braga - Idade Moderna


Curso de História da Cidade de Braga
4ª Sessão – Idade Moderna e Barroco
Salão Nobre da Câmara Municipal de Braga
18 de Maio | 21h30

Durante a Idade Moderna, Braga conheceu um forte crescimento, graças, sobretudo, à forte acção dos arcebispos.

Foi devido à obras de nomes tão sonantes como D. Diogo de Sousa, D. Rodrigo Moura Telles ou D. José de Bragança que a cidade é moldada em termos religiosos, sociais e civis.

Essa herança é ainda hoje visível em várias obras que marcam a fisionomia da nossa cidade, sobretudo no que concerne às praças, igrejas e edifícios de assistência social.

Também nesta quarta sessão destacar-se-á a influência de André Soares, percebendo a sua importância na história da cidade de Braga e identificando as principais obras da sua autoria.

Será dado destaque, ainda, à importância das iniciativas de D. Rodrigo de Moura Telles no contexto da cidade de Braga no primeiro quartel do século XVIII, identificando os principais artistas com quem trabalhou e as características típicas das obras civis e religiosas que se faziam em Braga na sua época.

Neste contexto histórico, desenvolver-se-á a temática dos movimentos artísticos em torno do barroco, que caracteriza e influencia a vivência da cidade.

A sessão dedicada à Idade Moderna e ao Período Barroco será conduzida por Rui Ferreira, que estudou no Colégio Jesuíta durante sete anos e que actualmente é discente do Mestrado de Património e Turismo Cultural, na Universidade do Minho.

Apaixonado por Braga, é o autor responsável pelo blog Braga Maior, que se dedica à reflexão de temas da actualidade, sobretudo nos directamente ligados à cidade de Braga.

É colaborador do Jornal Diário do Minho, um dos responsáveis pelo suplemento da religião, bem como autor de vários artigos sobre o conhecimento e história de Braga.